quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Apostila Concurso CRM-DF 2018

Apostila Opção para o concurso público CRM-DF 2017/2018. Apostila de estudos completa do concurso Conselho Federal de Medicina - CRM. Pegue aqui a sua apostila.

Edital Concurso CRM-DF 2018
O Conselho Regional de Medicina (CRM-DF), com sede em Brasília, anunciou um novo concurso público para provimento de vagas nas carreira de nível médio e superior.

As remunerações parte de 3.823,32 a R$6.404,64, para jornada de 20 e 30 horas. Os aprovados serão lotados nas cidade de Brasília/DF.

Para quem possui ensino médio as oportunidades são para os cargos de serviços administrativo, assistente administrativo e assistente de tecnologia da informação.

Já nível superior, as oportunidades são para advogado, analista de sistema, administrador e médico fiscal.

Apostila Concurso CRM-DF 2018 - clique abaixo:

Inscrição e prova

As inscrições vão das 10 horas de 24/01 às 23h59min de 12/03, pela internet, no endereço eletrônico do Instituto Quadrix - www.quadrix.org.br. As taxas variam entre R$ 45,00 e R$ 68,00.

As provas objetivas contará com 120 questões, envolvendo conteúdos de conhecimentos básicos, conhecimentos complementares e conhecimentos específicos. As provas serão realizadas em Brasília-DF no dia 15 de abril para os cargos de Serviço Administrativo, Administrador, Analista de Sistema e Médico Fiscal, e no dia 22 de abril para Assistente Administrativo e Assistente da Tecnologia de Informação.

Edital Concurso CRM-DF 2018

Detalhes do concurso CRM-DF 2018:

  • Banca organizadora: Quadrix
  • Cargos: Diversos
  • Escolaridade: Nível médio e superior
  • Número de vagas: 04 +CR
  • Remuneração: Até R$6.404,64
  • Inscrições: até 12/03
  • Valor da inscrição: R$ 45 e R$ 68
  • Data da prova objetiva: 03 de dezembro de 2017
  • Região: Centro-Oeste
  • EDITAL

Descrição  das  atividades  e  atribuições:

PSAD Serviço Administrativo (CÓDIGO 200): Prestar  atendimento  ao  público  em  geral,  caso  seja  necessário,  encaminhando-os  às  unidades  organizacionais  e/ou pessoas solicitadas;Receber e transmitir recados, registrando as informações recebidas para possibilitar comunicações posteriores aos interessados; Auxiliarem  reuniões,  quando  solicitado; Auxiliar  em  levantamentos  de  dados  referentes  a  situações  (profissionais)  processuais,  quando  os  processos  (de  qualquer natureza)  estiverem  em  trâmite  no  CRM/DF;  entre outras.

PSTE Assistente Administrativo (CÓDIGO 201): Realizar  atividades  burocráticas  de  abrir  e  manter  processos,  cadastrando-os  para  posterior  análise; Controlar  e acompanhar a tramitação regular de sindicâncias e processos; Realizar ações de fiscalização, quando designado ,procedendo vistoria em estabelecimentos e consultórios, emitindo os termos necessários;Acompanhar o médico fiscal nos contatos e ações conjuntas com outros órgãos públicos, visando a fiscalização da profissão médica;Atualizar o banco de dados dos registros realizados no CRM/DF, visando o seu adequado controle; entre outras.

PSTE Assistente da Tecnologia de Informação (CÓDIGO 202): Auxiliar  em  projetos  de  desenvolvimento  de  sistemas  e  da  implantação  de  softwares  de  automação,  subsidiando analistas de desenvolvimento e de suporte no que se refere ao ambiente de produção;Auxiliar na otimização da programação de tarefas para execução de serviços,  revendo  os procedimentos  adotados  e  a  sequência  de  atividades  definidas;Executar  a  montagem,  manutenção  e  instalação  de  servidores, microcomputadores e impressoras;Dar suporte às salas de treinamento e auditório, quando alugadas para eventos externos;Realizar rotinas de back up dos servidores  de  banco  de  dados  do  CRM/DF  utilizando  utilitários  export  e  import; entre ourtas.

PAES Administrador (CÓDIGO 300): Realizar e/ou orientar as atividades relacionadas a suprimentos de materiais, analisando as necessidades, controlando o  nível  de  estoque,  entrada  e  saída  de  materiais  e  programação  de  compras,  objetivando  suprir  as  necessidades  do  Conselho;Analisar  a  estrutura organizacional,  métodos  e  procedimentos  de  trabalho,  avaliando  as  necessidades  de  movimentação  e  redimensionamento  de  pessoalem  cada  área, levantando  e  avaliando  rotinas,  fluxos,  sistemas  administrativos  e  apresentando  soluções  para  a  racionalização  e  otimização  dos  trabalhos  realizados;Acompanhar  os  processos  de  licitação; entre outras.

PAES Advogado (CÓDIGO 301): Defender  os  direitos  e  interesses  do  Conselho,  analisando  processos  e  decisões  anteriores,  consultando  livros  e manuais  técnicos;Consultar legislação,  jurisprudência  e  doutrinas  das  diversas  especialidades  jurídicas,  estudando-as,  a  fim  de  assessorar  e  assistir juridicamente o CRM/DF.Proceder à leitura de Diários Oficiais, coletando dado sem que o Conselho for a parte interessada, objetivando o acompanhamento das ações e cumprimento de prazos;Participar de negociações, quando solicitado, em aspectos que envolvam os interesses do Conselho, orientando quanto aos aspectos legais; entre outras

PAES Analista de Sistema (CÓDIGO 302): Propor técnicas, métodos, padrões obrigatórios e índices de utilização de recursos e de desempenho das atividades de tecnologia da informação, visando o melhor desenvolvimento dos trabalhos do Conselho;Elaborar, juntamente com os usuários, cronograma de processamento, verificando necessidades, estipulando datas e analisando disponibilidades, visando alcançar os objetivos desejados;Elaborar planos referentes às  atividades  de  informática  definindo  objetivos,  prioridades,  recursos  e  custos,  objetivando  direcionar  o  crescimento  e  otimizar  o  uso  de  recursos informatizado;


PMEF Médico Fiscal (CÓDIGO 303): Colaborar  com  o  aperfeiçoamento  da  fiscalização  da  profissão  de  médico;Assistir  na  avaliação  dos  sistemas administrativos/operacionais  implantados  e  em  funcionamento,  verificando  as  possíveis  mudanças,  visando  alcançar  maior  eficácia  com  menores custos operacionais;Participar ativamente de reuniões para a elaboração de resoluções reguladoras e/ou fiscalizadoras do exercício da profissão de médico;Preparar relatório  anual  das  atividades  relativas  ao  exercício  de  fiscalização  do  CRM/DF; entre outras.

Sobre o CFM:

O órgão tem por finalidade, na área de sua jurisdição e nos limites de sua competência, supervisionar o cumprimento das normas da ética profissional e, ao mesmo tempo, julgar o exercício profissional do médico e disciplinar a categoria médica, cabendo-lhe zelar e trabalhar pelo perfeito desempenho ético da medicina e pelo prestígio e elevado conceito da profissão e dos que a exercem legalmente.


Último Concurso:

A última seleção do órgão ocorreu em 2012 e foi organizado Fundação Universa. Foram oferecidas sete vagas imediatas, além de formar cadastro reserva de pessoal, em diversos cargos. 

As oportunidades de nível médio foram para os cargos de serviços gerais, assistente administrativo e assistente de tecnologia da informação, enquanto as de nível superior foram para jornalista, bibliotecário, advogado e analista de sistemas.

Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário:
Escreva seu comentários

Postagens recomendadas × +