quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Apostila Concurso SEDUC Amazonas 2018

Concurso SEDUC-AM 2018
A Secretaria de Estado de Educação do Estado do Amazonas (concurso SEDUC-AM 2018), publicou três editais de concurso público para provimento de 8.100 vagas para todos os níveis de escolaridade.

As remunerações mensais variam de R$ 1.525,06 a R$ 4.143,06, em jornadas de trabalho de 20 a 40 horas semanais.

Todos os cargos ofertados terão salário-base, auxílio alimentação (R$ 220 ou R$ 420) e vale transporte R$ 167. Somente os professores não terão direito a Gratificação de Atividade Técnica Educacional (GRATEDUC): R$ 1.357,11 (cargos nível superior); R$ 348,53 (cargo de nível médio); e R$ 423,32 (cargo de nível fundamental).

Apostila Concurso SEDUC-AM 2018 - clique abaixo:
Apostila SEDUC-MA 2018

edital nº 01/2018 preencherá chances nas funções de Professor Regulador nas disciplinas de Artes (132); Biologia (100); Ciclo (550); Ciências (191); Ciências em Língua Francesa (5); Ciências em Língua Japonesa (5); Educação Física (377); Ensino Religioso (40); Filosofia (58); Física (430); Geografia (214); Língua Espanhola (18); Língua Francesa (5); Língua Inglesa (334); Língua Japonesa (5); Língua Portuguesa (389); Matemática (748); Matemática em Língua Francesa (5); Matemática em Língua Japonesa (5); Metodologia de Estudo (11); Química (396) e Sociologia (54); Professor de Educação Especial (307); Professor de Ensino Mediado por Tecnologias (1.817); Pedagogo - 20h (151); Pedagogo - 40h (40); Assistente Social (37); Bibliotecário (50); Contador (5); Engenheiro (7); Estatístico (2); Fonoaudiólogo (3); Nutricionista (40) e Psicólogo (36).
No edital nº 02/2018 oferta vagas para os cargos de Assistente Técnico (108) e Merendeiro (600).

Já o edital nº 03/2018 visa preencher 680 oportunidades Professores Indígenas nas disciplinas de Arte Cultura e Mitologia (22); Biologia (32); Biologia - Tukano (1); Ciclo (84); Ciências e Saberes Indígenas (20); Filosofia (6); Física (13); Formas Próprias de Educar: Oralidade, Trabalho, Lazer e Expressões (34); Geografia (25); História (77); Língua Espanhola (1); Língua Estrangeira (22); Língua Indígena (22); Língua Indígena - Baniwa (1); Língua Indígena - Kawahiwa (1); Língua Indígena - Kulina (1); Língua Indígena - Naniwa (2); Língua Indígena - Nhengatu (7); Língua Indígena - Parintintin (1); Língua Indígena - Tikuna (11); Língua Indígena - Tukano (11); Língua Indígena - Yanomami (7); Lingua Indígena -Hexkarayana (1); Lingua Indígena Tenharin (1); Lingua Portuguesa e Conhecimentos Tradicionais (115); Matemática e Conhecimentos Tradicionais (105); Práticas Corporais e Esportivas (28); Química (22) e Sociologia (7).

As inscrições vão de 21 de abril a 20 de maio de 2018, pelo site da organizadora - https://concursos.institutoacesso.org.br/. As taxas são de R$ 70,00 para professores e demais cargos de nível superior, de R$ 60,00 para Assistente Técnico e de R$ 50,00 para Merendeiro.

As provas objetivas e discursivas estão previstas para ocorrer no dia 8 de julho de 2018. O resultado final do concurso e a homologação devem ocorrer no início do ano letivo de 2019.

Os aprovados serão lotados nos municípios de Alvarães; Amaturá; Anamã; Anori; Apuí; Atalaia do Norte; Autazes; Barcelos; Barreirinha; Benjamin Constant; Beruri; Boa Vista do Ramos; Boca do Acre; Borba; Caapiranga; Canutama; Carauari; Careiro; Careiro da Várzea; Coari; Codajás; Eirunepé; Envira; Fonte Boa; Guajará; Humaitá; Ipixuna; Iranduba; Itacoatiara; Itamarati; Itapiranga; Japurá; Juruá; Jutaí; Lábrea; Manacapuru Manaquiri; Manaus; Manicoré; Maraã; Maués; Nhamundá; Nova Olinda do Norte; Novo Airão; Novo Aripuanã; Parintins; Pauini; Presidente Figueiredo; Rio Preto da Eva; Santa Isabel do Rio Negro; Santo Antônio do Içá; São Gabriel da Cachoeira; São Paulo de Olivença; São Sebastião do Uatumã; Silves; Tabatinga; Tapauá; Tefé; Tonantins; Uarini; Urucará e Urucurituba, respectivamente.

Detalhes concurso Seduc Amazonas 2018:

Edital Concurso SEDUC-AM 2018

Atribuições:

Pedagogo: formular, orientar, acompanhar, fiscalizar e executar propostas pedagógicas, no ensino público estadual; atuar nas áreas de administração, supervisão e inspeção escolar; atuar nas áreas de planejamento, orientação e psicopedagogia educacional; cooperar com as atividades docentes; participar na elaboração da proposta pedagógica das unidades escolares, objetivando garantir o efetivo desempenho das ações e da qualidade do ensino.

Professor: atuar no nível pré-escolar, educação especial, programa de educação básica e na realização de um conjunto de atividades didático-pedagógicas nos níveis de ensino fundamental e médio; realizar estudos e pesquisas científicas no âmbito educacional; prestar assessoramento técnico especializado no âmbito do sistema educacional de Estado; participar na elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento do ensino; participar na elaboração e execução do plano de trabalho docente; atuar com zelo e responsabilidade na aprendizagem do aluno; colaborar diretamente nas atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade, objetivando garantir o efetivo desempenho das ações de ensino em prol do desenvolvimento social, da cidadania e do bom conceito de qualidade da educação pública estadual.

ASSISTENTE TÉCNICO: preparar relatórios técnicos das atividades desempenhadas; dar apoio técnico na realização das atividades fim do órgão; redigir, digitar e controlar processos, expedientes e relatórios administrativos e técnicos; prestar atendimento ao público em questões direcionadas à unidade administrativa; executar outras tarefas correlatas à sua área de atuação.

MERENDEIRO: preparar e distribuir merenda escolar; responsabilizar-se pela copa; lavar os utensílios e objetos utilizados nas mesas de refeições, responsabilizando-se por sua higiene e conservação; servir à mesa, após arrumá-la convenientemente; preparar café e alimentos de rápido cozimento; zelar pela conservação e limpeza do material e do local de trabalho; executar tarefas afins.

Último concurso da Seduc/AM

Em 2014, foi divulgado o edital do concurso da Seduc/AM com 7.043 oportunidades distribuídas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Sob organização da Fundação Getúlio Vargas - FGV;

Para os candidatos com ensino fundamental havia 768 chances para merendeiro, já para com nível médio puderam concorrer a uma das 85 ofertas de assistente técnico.

O diploma de formação superior habilitou a participação para uma das 6.190 vagas nas funções de assistente social, bibliotecário, contador, engenheiro, estatístico, nutricionista, psicólogo e professor nas disciplinas de artes, ciclo regular, biologia, ciências, educação especial, libras, educação física, ensino religioso, filosofia, física, geografia, história, português, inglês, matemática, metodologia, química e sociologia.

Sobre a Secretaria

A criação da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC) ocorreu no ano de 1946, através da Lei 1.596, de 05/01/1946, com denominação de Diretoria Geral do Departamento de Educação e Cultura. Com a Lei 12, de 09/05/1953, sofreu a primeira alteração em sua nomenclatura, recebendo o nome de Secretaria de Educação, Cultura e Saúde. Ainda no mesmo ano, com a Lei 65, de 21/07/1953, recebeu a denominação de Secretaria de Educação, Saúde e Assistência Social.

Após dois anos, sob a Lei 108, de 23/12/1955, recebe o nome de Secretaria de Educação e Cultura. Nova alteração só ocorreu 46 anos mais tarde, com a Lei 2.032, de 02/05/1991, quando recebe o nome de Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Desporto.

A denominação atual, de Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC), veio com a Lei 2.600, de 04/02/2000.

Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário:
Escreva seu comentários

Postagens recomendadas × +