terça-feira, 29 de maio de 2018

Concurso TCE-RS 2018: Saiu edital com 18 vagas para Auditor Público Externo

O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (Concurso TCE RS 2018) publicou por meio do Diário Oficial do Estado, o edital normativo do concurso público que tem 18 vagas no cargo de Auditor Público Externo.

O salário será de R$ 16.396,06, sendo R$ 8.198,03 de vencimento básico, mais R$ 8.198,03 de gratificação de Apoio ao Controle Externo, por jornada de trabalho de 40 horas por semana.

Os aprovados serão lotados de acordo com a necessidade de trabalho e a disponibilidade de vagas, nas cidades de Caxias do Sul, Erechim, Frederico Westphalen, Passo Fundo, Pelotas, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santana do Livramento, Santo Ângelo ou Porto Alegre.

As vagas são para candidatos graduados em Administração Pública ou de Empresas (6), Ciências Econômicas (6) e Ciências Jurídicas e Sociais - Direito (6). Para se candidatar é necessário possuir diploma de nível superior completo, reconhecido pelo Ministério da Educação.
As inscrições do concurso TCE-RS serão realizadas no endereço eletrônico da FCC - www.concursosfcc.com.br, no período das 10h de 04 de junho às 14h de 06 de julho de 2018. O valor da inscrição é de R$ 187,77.

O concurso será composto de prova objetiva com 130 e versará sobre as disciplinas comuns a todos os cargos de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Analítico, Controle na Administração Pública, Auditoria Governamental, Administração Financeira e Orçamentária, Noções de Análise de Informações e Conhecimentos Específicos, de acordo com a área do cargo.

A Prova Objetiva de Conhecimentos Básicos e a Prova Discursiva serão realizadas no período da manhã e a Prova Objetiva de Conhecimentos Específicos será realizada no período da tarde do dia 26 de agosto, em Porto Alegre/RS.

ATRIBUIÇÕES BÁSICAS DO CARGO:
De acordo com a Lei Estadual nº 13.268/2009, as atribuições do cargo de Auditor Público Externo são: 
a) Realizar inspeções e auditoria nas unidades administrativas dos Poderes do Estado e dos Municípios, bem como do Ministério Público e das Defensorias Públicas Estaduais, os termos constitucionais vigentes, inclusive visando à apuração da confiabilidade dos sistemas de controle interno e à obtenção de todos os elementos necessários à formação de juízo sobre as contas dos responsáveis; 
b) Proceder à análise, interpretação e avaliação dos elementos necessários à emissão de Parecer Prévio das Contas do Governador do Estado e dos Prefeitos Municipais; 
c) Examinar as contas dos responsáveis por bens e valores públicos da Administração Direta e Indireta dos Poderes Públicos Estadual e Municipais, bem como de outros órgãos e entidades jurisdicionados do Tribunal de Contas do Estado; 
d) Planejar, organizar, implantar e avaliar metodologia de fiscalização quanto à legalidade, legitimidade, economicidade, aplicação das subvenções e auxílios, e renúncia de receitas; 
e) Examinar e instruir os processos de admissão de pessoal, a qualquer título, nas Administrações Estadual e Municipais, para fins de registro, nos termos da Constituição, excetuadas as nomeações para cargo de provimento em comissão; 
f) Avaliar a eficiência e a eficácia do controle interno mantido no âmbito do Estado e dos Municípios; g) Examinar e instruir os processos de inativações, reformas e pensões nas Administrações Estadual e Municipais, para fins de registro, nos termos da Constituição; 
h) Realizar atividades correlatas. 

Concurso TCE-RS 2018

Detalhes do concurso TCE-RS 2018 - Auditor:
  • Banca organizadora: FCC - Fundação Carlos Chagas
  • Cargo: Auditor Público Externo
  • Escolaridade: Nível superior
  • Número de vagas: 18
  • Remuneração: Inicial de R$ 16,3 mil
  • Período de inscrições: 04/06 a 06/07/2018
  • Data da prova: 26/10/2018
  • Valor da taxa: R$ 187,77
  • Edital
Sobre o TCE-RS:
O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul tem jurisdição sobre todos os responsáveis, pessoas físicas ou jurídicas, que utilizem, arrecadem, guardem, gerenciem ou administrem dinheiro, bens e valores públicos pelos quais respondam o Estado ou quaisquer dos Municípios que o compõem, ou que assumam obrigações em nome do Estado ou de Município.

A Corte é composta por conselheiros e auditores substitutos de conselheiro, possuindo corpo técnico qualificado que realiza auditorias e instrui os processos de contas de gestão, examinando, ainda, todos os atos de pessoal praticados pelos jurisdicionados. Junto à Corte oficia o Ministério Público de Contas.

Para desempenhar sua missão com eficiência e eficácia, o TCE conta com uma estrutura enxuta quer material - sede e serviços regionais de auditoria -, quer no conjunto de servidores, quer nos recursos financeiros e orçamentários que são anualmente disponibilizados no orçamento do Estado.

Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário:
Escreva seu comentários

Postagens recomendadas × +