quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Concurso Colégio Pedro II 2018: Saiu edital com 26 para Técnicos Administrativos em Educação

Concurso Colégio Pedro II 2018
O Colégio Pedro II divulgou edital de concurso público para preenchimento de 26 vagas e formação de cadastro reserva para cargos técnico-administrativos em Educação de nível médio técnico e superior.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O EDITAL.

Os salários vão de R$ 2.446,9 a R$ 4.180,66, além de benefícios: Auxílio alimentação, Auxílio Transporte, Assistência Pré-Escolar, Assistência à saúde per capita: reembolso parcial do Plano de Saúde, variável de acordo com faixa salarial e faixa etária do titular do cargo e a faixa etária dos respectivos dependentes.

Apostila Concurso Colégio Pedro II 2018 - clique abaixo:
Além desses benefícios, após a entrada em exercício, os servidores da carreira de Técnico-Administrativo em Educação que comprovarem nível de escolaridade formal superior ao previsto para o exercício do cargo terão direito a requerer o Incentivo à Qualificação, de acordo com os percentuais estabelecidos por lei.

As vagas são para os cargos de Técnico em Laboratório/Biologia, Técnico em Contabilidade, Técnico em Enfermagem, Técnico em Nutrição e Dietética, Analista de Tecnologia da Informação, Bibliotecário-Documentalista, Economista, Enfermeiro-Área 1, Médico/Área, Médico/Psiquiatra, Nutricionista, Pedagogo, Produtor Cultural e Técnico em Assuntos Educacionais.

Quadro de vagas do Concurso Colégio Pedro II 2018

As inscrições serão realizadas no site da Concursos e Seleções do Colégio Pedro II - http://dhui.cp2.g12.br/, no período de 03 de setembro de 2018 a 02 de outubro de 2018. A taxa de inscrição é de R$ 125,00.

A prova está prevista para ser realizada no dia 04 de novembro de 2018 e 11 de novembro de 2018. A prova objetiva constará de 70 (setenta) questões de múltipla escolha, cada uma contendo 4 (quatro) alternativas, das quais apenas uma correta,

Conteúdo Programático Concurso Colégio Pedro II 2018

Técnico em Laboratório (Biologia/Física/Química): Executar trabalhos técnicos de laboratório relacionados a atividades acadêmicas ou de interesse da administração do Colégio na área de especialidade, realizando ou orientando coleta, análise e registros de materiais e substâncias através de métodos específicos e executar outras tarefas de mesma natureza relacionadas à área de atuação. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão e dar suporte às atividades didáticas regulares do laboratório, assim como atividades em salas de aula e extraclasse, conforme demanda apresentada por docentes que atuem no laboratório. 
Requisito: Nível Médio Profissionalizante ou Nível Médio completo + curso Técnico na área.

Técnico em Nutrição e Dietética: Acompanhar e orientar as atividades de controle de qualidade, higiênico-sanitárias e segurança no trabalho, em todo o processo de produção de refeições e alimentos. Acompanhar e orientar os procedimentos culinários de preparo de refeições e alimentos. Participar de programas de educação alimentar. 
Requisito: Nível Médio Profissionalizante ou Nível Médio completo + curso Técnico na área. 

Técnico em Contabilidade: Identificar documentos e informações, atender à fiscalização; executar a contabilidade geral, operacionalizar a contabilidade de custos e efetuar contabilidade gerencial; realizar controle patrimonial. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. 
Requisito: Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico. Registro no Conselho competente. 

Técnico em Enfermagem: Desempenhar atividades técnicas de enfermagem em hospitais, clínicas e outros estabelecimentos de assistência médica, embarcações e domicílios; atuar em cirurgia, terapia, puericultura, pediatria, psiquiatria, obstetrícia, saúde ocupacional e outras; prestar assistência ao paciente, atuando sob supervisão de enfermeiro; organizar ambiente de trabalho. Trabalhar em conformidade às boas práticas, normas e procedimentos de biossegurança. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. 
Requisito: Médio Profissionalizante ou Médio Completo + Curso Técnico. Registro no Conselho competente. Resolução COFEN nº 244/2000.

Analista de Tecnologia da Informação: Desenvolver e implantar sistemas informatizados, dimensionando requisitos e funcionalidades do sistema, especificando sua arquitetura, escolhendo ferramentas de desenvolvimento, especificando programas, codificando aplicativos. Administrar ambientes informatizados, prestar suporte técnico ao usuário e o treinamento, elaborar documentação técnica. Estabelecer padrões, coordenar projetos e oferecer soluções para ambientes informatizados e pesquisar tecnologias em informática. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Requisito: Nível Superior completo na área realizado em instituição reconhecida pelo MEC Bibliotecário – Documentalista Disponibilizar informação; gerenciar unidades como bibliotecas, centros de documentação, centros de informação e correlatos, além de redes e sistemas de informação; tratar tecnicamente e desenvolver recursos informacionais; disseminar informação com o objetivo de facilitar o acesso e geração do conhecimento; desenvolver estudos e pesquisas; promover difusão cultural; desenvolver ações educativas. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. 
Requisito: Curso superior em Biblioteconomia, realizado em instituição reconhecida pelo MEC. Registro no Conselho competente. Lei nº 9.674, de 26 de junho de 1998 dispõe sobre o exercício da profissão de Bibliotecário.

Economista Analisa: o ambiente econômico; elaborar e executar projetos de pesquisa econômica, de mercado e de viabilidade econômica, dentre outros; participar do planejamento estratégico e de curto prazo; gerir programação econômico-financeira; atuar na mediação e arbitragem; realizar perícias. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. 
Requisito: Curso superior em Ciências Econômicas, realizado em instituição reconhecida pelo MEC. Registro no Conselho competente. Lei nº 1.411, de 13 de agosto de 1951, alterada pelas Leis nº 6.021, de 03 de janeiro de 1974, nº 6.537, de 19 de junho de 1978 e regulamentada pelo Decreto nº 31.794, de 17 de novembro de 1952 disciplina a profissão de Economista. 

Enfermeiro: Prestar assistência ao paciente e/ou usuário em clínicas, hospitais, ambulatórios, navios, postos de saúde e em domicílio, realizar consultas e procedimentos de maior complexidade, prescrevendo ações; implementar ações para a promoção da saúde junto à comunidade. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. 
Requisito: Curso superior de Enfermagem, realizado em instituição reconhecida pelo MEC. Registro no Conselho competente. Decreto nº 94.406, de 08 de junho 1987, regulamenta a profissão de Enfermeiro. 

Médico: Realizar consultas e atendimentos médicos; tratar pacientes; implementar ações para promoção da saúde; coordenar programas e serviços em saúde, realizar perícias oficiais em saúde, auditorias e sindicâncias médicas; elaborar documentos e difundir conhecimentos da área médica. Participar de Junta Médica e executar tarefas afins. Assessorar nas atividades de ensino, administrativa, pesquisa e extensão. Colaborar na manutenção da ordem dos ambientes do gabinete da saúde. Zelar pela conservação, das dependências do Serviço de Saúde, bem como de todo material nele distribuído. Utilizar recursos de informática. 
Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação em Medicina, fornecido por instituição de ensino superior, reconhecido pelo Ministério da Educação; e registro profissional no Conselho Regional de Medicina ativo. Médico/Psiquiatra Realizar consultas e atendimentos médicos, emitir diagnóstico, prescrever tratamento, implementar ações para a promoção, prevenção e reabilitação de portadores de transtornos mentais, coordenar programas e serviços em saúde, efetuar perícias, auditorias e sindicâncias médicas, elaborar documentos e difundir conhecimentos da área médica. Participar da Junta Médica e executar tarefas afins. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional. Colaborar na manutenção da ordem dos ambientes do gabinete da saúde. Zelar pela conservação, das dependências do Serviço de Saúde, bem como de todo material nele distribuído. Utilizar recursos de informática. Requisitos: Diploma, devidamente registrado, de curso de graduação em Medicina, fornecido por instituição de ensino superior, reconhecido pelo Ministério da Educação E Certificado de conclusão de Residência Médica em Psiquiatria, reconhecido pela Comissão Nacional de Residência Médica; ou Título de especialista em Psiquiatria, reconhecido pela Associação Médica Brasileira e registrado no Conselho Regional de Medicina; e registro profissional no Conselho Regional de Medicina ativo. 

Nutricionista: Prestar assistência nutricional a indivíduos e coletividades (sadios e enfermos), organizar, administrar e avaliar unidades de alimentação e nutrição, efetuar controle higiênico-sanitário, participar de programas de educação nutricional, atuar em conformidade ao Manual de Boas Práticas. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional. 
Requisito: Nível Superior completo em Nutrição, realizado em instituição reconhecida pelo MEC e Registro no conselho competente 

Pedagogo: Implementar a execução, avaliar e coordenar a (re) construção do projeto pedagógico de escolas de educação infantil, ensino fundamental, de ensino médio ou ensino profissionalizante com a equipe escolar; viabilizar o trabalho pedagógico coletivo e facilitar o processo comunicativo da comunidade escolar e de associações a ela vinculadas. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. 
Requisito: Curso Superior em Pedagogia realizado em instituição reconhecida pelo MEC

Produtor CulturalAtividades de execução qualificada, sob supervisão superior, de trabalhos relacionados com programações culturais e promoção de eventos. 
Requisito: Curso superior em Comunicação Social ou em produção Cultural, devidamente reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). 

Técnico em Assuntos Educacionais: Coordenar as atividades de ensino, planejamento e orientação, supervisionando e avaliando estas atividades para assegurar a regularidade do desenvolvimento do processo educativo. Assessorar nas atividades de ensino, pesquisa e extensão. Executar outras tarefas de mesma natureza e nível de complexidade associadas ao ambiente organizacional. Requisito: Nível Superior completo em Pedagogia ou Licenciaturas realizado em instituição reconhecida pelo MEC.

Detalhes concurso Colégio Pedro II - TAE:
  • Concurso: Colégio Pedro II Técnico Administrativo em Educação
  • Banca organizadora: Pró-reitoria de Ensino do Colégio 
  • Cargo: Técnico Administrativo em Educação
  • Escolaridade: Médio Técnico e Superior
  • Número de vagas: 26
  • Remuneração: Até R$ 9,6 mil
  • Inscrições: de 03/09/2018 a 02/10/2018
  • Taxa: R$105 e R$ 125
  • Data da prova objetiva: 11/11/2018
Concurso do Concurso Colégio Pedro II 2018 Técnico Administrativo em Educação

Comentários
0 Comentários
Nenhum comentário:
Escreva seu comentários

Postagens recomendadas × +